Pages

terça-feira, 30 de março de 2010

As pulseiras (do sexo) estão na moda?



E já que não se fala em outra coisa por aí, chegou a vez de vocês contarem  o que acham das tais pulseirinhas do sexo, que incentivam comportamentos bem quentes entre meninos e meninas.
Mas afinal isso tudo é só uma modinha inocente ou essa brincadeira colorida está passando dos limites?

À primeira vista, uma colorida pulseira de plástico nos pulsos de crianças parece inocente.
Mas na realidade elas são um código para as suas experiências sexuais, onde cada cor significa um grau de intimidade, desde um abraço até ao sexo propriamente dito.

Mas as diferentes cores das ditas pulseiras de plástico – preto, azul, vermelho, cor-de-rosa, roxo, laranja, amarelo, verde e dourado – mostra até que ponto os jovens estão dispostos a ir, se proporcionar, desde dar um beijo até fazer sexo.

Andam uns atrás dos outros nos recreios das escolas, na tentativa de rebentar uma das pulseiras. Quem a usava terá de “oferecer” o ato físico a que corresponde à cor. É o “último grito” do comportamento promíscuo que sugere, cada vez mais, que a inocência da infância pertence a um passado distante.

4 comentários:

Nat Corsaria disse...

Ja ouvi que essas pulseiras foram proibidas nas escolas britânicas, na verdade a galera usa por "moda", seu real significado ja era...
Grande problema se outra pessoa levar a sério sua "moda" husahsuahus


http://nerdesigneando.blogspot.com/
Nerdesigneie com a gente!

Estamos mexendo no visual, esse não será o definitivo.

Entre em contato: ndbazinga@gmail.com

Buscando correspondentes tbm e parceiros!!!

Siga-nos Nerd!
http://twitter.com/Nerdesigneando

thay disse...

Oi Nat,
Verdade muitas pessoas usam pela moda....elas são inoscêntes, não sabe o verdadeiro sentido da coisa ou melhor para quer essas coisas foram criadas...

Anônimo disse...

Iso é ridiculo, pior que muitos pais permitem o uso das pulseiras por não saber os signficados, pois mesmo que a pessoa que não está usando não tenha a maldade, ela pode sofrer um "ataque" por usar.

thay disse...

Realmente é muito complicado, mas faz parte da vida temos que enfrentar isso de cara.

Postar um comentário